Destaques

Suspeito de envolvimento no desaparecimento dos meninos de Belford Roxo é preso pela Polícia

Segundo a corporação, Anderson seria um dos traficantes que torturaram que tentaram apresentar como um dos responsáveis pelo desaparecimento das crianças

Por Redação Tupi

Suspeito de envolvimento no desaparecimento dos meninos de Belford Roxo é detido pela Polícia
Suspeito de envolvimento no desaparecimento dos meninos de Belford Roxo é detido pela Polícia (Foto: Reprodução)

Policiais civis prenderam nesta quinta-feira (14), um homem identificado como Anderson Luis da Silva, o Bambam. De acordo com a Polícia, o suspeito tem dois mandados de prisão e, em um deles, foi apontado que ele estaria envolvido nas mortes dos três meninos desaparecidos em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Ainda segundo a Polícia, o suspeito seria um dos traficantes que torturaram um homem que tentaram apresentar como responsável pelo desaparecimento dos três meninos de Belford Roxo. Anderson foi preso na Rodovia Presidente Dutra, quando se deslocava da comunidade Rola Bosta, em Belford Roxo, e seguia para a Penha, na Zona Norte do Rio. De acordo com a Polícia, ele iria para uma reunião com a cúpula do Comando Vermelho.

Para a polícia, Bambam é responsável por gerenciar o tráfico de drogas na comunidade do Rola Bosta, em Belford Roxo.

Conforme informação dada em primeira mão para Super Rádio Tupi pelo secretário de Polícia Civil, Allan Turnowisk, em setembro deste ano os traficantes da principal facção criminosa do Rio, o Comando Vermelho estão por trás do desaparecimento e morte dos três meninos de Belford Roxo.

As investigações para encontrar Lucas Matheus, 8 anos; Alexandre da Silva, 10; e Fernando Henrique, 11 incomodou a alta cúpula da organização criminosa e resultou na morte de dois traficantes. A Polícia Civil investiga a possibilidade de queima de arquivo nas execuções dos criminosos acusados de envolvimento no desaparecimento das crianças.

No último sábado (9), depois de uma longa sessão de tortura que foi comandada pelos traficantes Doca e Abelha, José Carlos dos Prazeres, o Piranha do Castelar foi morto por ordem do Tribunal do Tráfico. Uma investigação da Polícia, aponta que os criminosos do Comando Vermelho estão promovendo uma busca paralela para silenciar todos que estejam envolvidos no caso.

A primeira morte, de Willer da Silva, o Stala, aconteceu em setembro. O bandido foi executado com Complexo da Penha, na zona norte. O traficante era considerado o braço direito do traficante Piranha, assassinado neste sábado. Nesta semana, também foram foram mortos os criminosos conhecidos como “Tia Paula”, Farol e “Guil”, em um total de cinco mortes de criminosos que pudessem ter algum tipo de ligação com o desaparecimento das crianças.

De acordo com informações policiais, a cúpula da facção estaria fazendo uma espécie de inquisição para descobrir quem foram os responsáveis pelo crime bárbaro, cometido em dezembro de 2020. Segundo a polícia, as agressões seriam uma tentativa de fazer com que os suspeitos contassem quem foram todos os envolvidos no crime bárbaro contra os três meninos. Acredita-se que outros traficantes também já tenham sido assassinados.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »