Patrulhando a Cidade

Suspeito de matar advogada é preso na Baixada Fluminense

Os policiais chegaram até aos possíveis assassinos após um deles divulgar em redes sociais a venda do celular da vítima

Por Redação Tupi

Os policiais chegaram até aos possíveis assassinos após um deles divulgar em redes sociais a venda do celular da vítima
(Foto: Reprodução/ Facebook)

Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, no começo da tarde desta quarta-feira, Moisés Amorim da Silva, de 18 anos, apontado como participante do assassinato da advogada Marcela de Souza Oliveira, de 26 anos. O corpo da jovem foi encontrado em estado avançado de decomposição cinco dias após ela desaparecer em Vila de Cava, Nova Iguaçu.

Segundo o titular da DHBF, Moyses Santana, os policiais também procuram Nilton Pereira, tio do preso, que é apontado como o autor do disparo que matou Marcela. De acordo com as investigações, ele tem várias passagens por homicídio. Um terceiro suspeito de participação no crime ainda é investigado.

Os policiais chegaram até aos assassinos após um deles divulgar em redes sociais, horas após a jovem desaparecer, a venda do celular da vítima através de um site de compra e venda. A DHBF vinha monitorando o aparelho, desde o desaparecimento de Marcela, e com isso, chegou até os dois suspeitos.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Março de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »
-->