Rio

[Vídeo] Witzel volta a se defender de acusações e afirma que honestidade é seu maior tesouro

Governador é suspeito de ter envolvimento no esquema de irregularidades na Secretaria do Estado de Saúde durante a pandemia do coronavírus

Por Redação Tupi

(Foto: Reprodução)

O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), afirmou com um discurso inflamado, durante encontro com comerciantes da Ceasa, na manhã deste sábado (18), que não é corrupto e não teve participação nenhuma em desvios da saúde que culminou nas prisões do ex secretário, Edmar Santos, e ex subsecretário de Estado de Saúde, Gabriell Neves. O governador também confirmou a permanência da Ceasa, no Irajá, assinando um acordo com a associação comercial dos produtores e usuários do local.

“Eu não tenho apego a avião, a jato, não tenho apego a dinheiro, nem uso mais carteira. O único tesouro que me interessa, que eu quero levar para o meu tumulo e deixar para as próximas gerações e, que isso ninguém vai tirar de mim, ninguém vai tirar, porque são princípios que meu pai me deu, que minha mãe me deu, que a minha igreja me deu, a honestidade. A minha honestidade ninguém vai arrancar. Ninguém vai tirar isso de mim, porque isso eu vou levar para o tumulo”, disse Witzel.

Witzel é investigado de ter envolvimento no esquema de irregularidades na Secretaria do Estado de Saúde durante a pandemia do coronavírus. As autoridades apuram superfaturamentos na compra de respiradores e contratação da organização Iabas (Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde) para a construção de hospitais de campanha para uso durante a pandemia.

Confira o vídeo completo:

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »