Destaques

[VÍDEOS] Prédio desaba e deixa feridos na Baixada Fluminense

Imóvel fica localizado na Rua Coronel José Muniz, na altura do número 816, em Olinda

Por Redação Tupi

Prédio desaba e deixa feridos em Nilópolis, na Baixada Fluminense
Prédio desaba e deixa feridos em Nilópolis, na Baixada Fluminense (Foto: Cyro Neves / Super Rádio Tupi

Um prédio de três andares desabou em Olinda, na Baixada Fluminense, na manhã deste domingo (24). O Corpo de Bombeiros está no local realizando o trabalho de buscas.

Agentes do Quartel de Nilópolis foram acionados às 6h45 para o incidente. O imóvel fica localizado na Rua Coronel José Muniz, na altura do número 816, em Olinda, bairro de Nilópolis.

Policiais do 20º BPM (Mesquita) estão no local e isolaram a área.

Até o momento, as vítimas foram identificadas como Nirceia Souza, de 62 anos, Jorge Brandão, de 54, e Giovana Amorim, de 19. Elas foram encaminhadas para o Hospital Geral de Nova Iguaçu.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Nilópolis informou que a paciente Giovana se encontra lúcida e orientada, passando por exames. O seu estado de saúde é considerado estável. Já a paciente Nilceia sofreu traumas na cabeça, tórax e abdômen. Ela fez tomografia e segue em avaliação pela equipe médica. O estado de saúde é grave. Por fim, o paciente Jorge Brandão foi atendido na emergência, mas não aguardou avaliação e deixou a unidade por conta própria.

Os agentes da Defesa Civil e Bombeiros estão fazendo vistoria no local.

Segundo testemunhas, duas famílias moravam no edifício onde tinha um apartamento por andar. No primeiro vivia uma mulher e um casal de filhos; no terceiro, um casal de idosos. Já o segundo pavimento estava vazio. Ainda de acordo com as testemunhas, a mãe dos irmãos não estava em casa.

Bombeiros do Quartel de Nilópolis foram acionados às 6h45 para o incidente.

A 57ª DP (Nilópolis) instaurou inquérito para apurar as circunstâncias do desabamento do prédio. Equipes da delegacia estão no local para identificar testemunhas e vítimas. A perícia será realizada após o término do trabalho do Corpo de Bombeiros.

A Prefeitura de Nilópolis informou que o prédio que desabou na Rua Coronel José Muniz, 808, em Olinda, existe há 22 anos e estava legalizado junto à Secretaria de Obras. O secretário Flávio Vergueiro garantiu que, além das perícias que serão realizadas pela Polícia Civil e pelo Corpo de Bombeiros, a Prefeitura também fará uma investigação sobre as causas do acidente, que vitimou Gustavo Loureiro Amorim, 26 anos, e causou ferimentos leves em outras três pessoas.

A Guarda Municipal isolou a área para que cerca de 30 bombeiros dos quartéis de Nilópolis e Nova Iguaçu, além do Grupamento de Busca e Salvamento, com sete viaturas, pudessem fazer a varredura do local. O secretário de estado de Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, Leandro Monteiro, foi de helicóptero até o local para acompanhar pessoalmente a operação.

Jorge Luiz Brandão, uma das vítimas que retornou ao local, disse que percebeu algo diferente em uma das colunas e cogitou acionar a Defesa Civil, mas isso não foi feito. A Perícia da Polícia Civil chegou ao local às 10h50. Estavam na equipe a perita Eneida Santos de Almeida e Fagner Taiano. Eles foram fazer uma varredura no local e realizar exames complementares.

Veja fotos e vídeos:


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
09:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »