Rio

Vigilantes do Rio anuncia greve a partir da próxima segunda-feira

No Estado do Rio, são cerca de 40 mil vigilantes atuando na área, enquanto na capital são aproximadamente 25 mil trabalhadores

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Reprodução/Sindicato dos vigilantes)

Os vigilantes de todo o Estado do Rio iniciam, a partir de segunda-feira, dia 20, greve por tempo indeterminado. A categoria decidiu pela paralisação depois de assembleia realizada durante quatro dias em todos os sindicatos do estado. Eles recusaram a proposta patronal e decidiram decretar greve. Com a campanha “Não é só por reajuste. É por dignidade”, os trabalhadores reivindicam reajuste do piso salarial e no ticket refeição e questionam a falta de convenção coletiva de trabalho.

No Estado do Rio, são cerca de 40 mil vigilantes atuando na área, enquanto na capital são aproximadamente 25 mil trabalhadores. Para a categoria, a paralisação é fruto do descaso das empresas de segurança com as reivindicações da categoria, que se manteve na linha de frente desde o momento do início da pandemia, e que foi considerada essencial por decretos federal e estadual.

Com essa decisão, agências bancárias, shoppings, prédios, tanto empresariais e residenciais, fábricas, universidades, órgãos públicos, hospitais, entre outros locais serão afetados pela paralisação.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
12 de Agosto de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Giro Esportivo
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »