Modal

Vítimas da chacina de Anchieta seguem internadas no Rio

Quatro pessoas ainda estão em unidades da Secretaria Municipal de Saúde

Por Marcelo Silva

Rayane Lopes, de 10 anos, foi morta durante uma chacina em Anchieta, na Zona Norte do Rio. (Foto: Reprodução)

Quatro vítimas da chacina no bairro de Anchieta que deixou 5 pessoas mortas e outras 6 feridas seguem hospitalizadas em unidades hospitalares do Rio de Janeiro. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, todos passaram por cirurgia, na tarde de domingo (29), e apresentam quadro de saúde estável.

As vítimas foram baleadas quando participavam de uma festa junina, realizada por moradores de um condomínio de Anchieta, na Zona Norte da Capital Fluminense.

Homens armados chegaram a bordo de um carro preto e efetuaram vários disparos contra a multidão. Entre os mortos, está a menina Rayane Lopes, de 10 anos.

Segundo a Polícia Civil, a suspeita é que o alvo dos criminosos fosse Yan Lucas Soares Gomes, filho do traficante Tida, assassinado em 2015. Yan está entre os cinco mortos no ataque.

Além dele e da menina Rayane também foram assassinados Josué de Oliveira Xavier, Antônio Marcos Barcelos e Yuri Lima Vieira.

A Delegacia de Homicídios da Capital Fluminense investiga o caso. De acordo com a plataforma Fogo Cruzado, já são 24 casos com 3 ou mais mortos em todo o Grande Rio, em 2020.

Ao todo, 92 pessoas já foram mortas em chacinas no Estado do Rio de Janeiro.

Comentários

enquete

Você está satisfeito com o empate no primeiro fla-flu da final do Carioca?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »