Celebridades

Rock in Rio: produtora responsável pela área VIP explica como é feita lista de nomes

Dona da CS Eventos, Carol Sampaio detalha os critérios que usa na hora de selecionar os famosos

Por Marcelo Antonio Ferreira e Rachel Amorim

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A produtora de eventos Carol Sampaio é um dos nomes mais requisitados do Brasil quando o assunto é lista VIP, que vem da expressão inglesa “Very Importante Person”, uma pessoa muito importante. E com um cenário das proporções do Rock in Rio, não seria outra profissional a responsável por estabelecer o esquema. O festival de música, que é um dos principais do mundo, está na oitava edição em terras cariocas, e a área vip do lugar é um dos pontos mais badalados quando se pensa em mídia e repercussão.

De políticos como o atual governador de São Paulo, João Dória, com passagem de atores como Grazi Massafera e Caio Castro, à personalidades tipo Angélica, Luciano Huck e Pablo Vittar, o espaço exclusivo fica sob os cuidados da CS Eventos, empresa de Carol que intermedeia o relacionamento com as empresas patrocinadoras. Esse ano, entre as marcas, se tem a já recorrente cervejaria Heineken, o biscoito Doritos e a fabricante de carros Ford.

O ambiente tem 6.250m² de comprimento e, além do open-bar, o cardápio dessa ano é assinado pela chef Morena Leite, do restaurante Capim Santo. Essa área vip conforta ainda três espaços “mais vip”. Um aos convidados de Carol; um do governador do Rio, Wilson Witzel, e outro do idealizador do Rock in Rio, o empresário Roberto Medina.

“Na verdade, a área vip do Medina é da família dele, ninguém de fora tem acesso”, explica a produtora, ao contar que os trabalhos na lista do evento começam com, pelo menos, seis meses de antecedência.

“Temos uma divisão por clientes. Algumas pessoas são o perfil da Ford, outras mais o perfil da Heineken, Doritos, Seara. Cada marca tem seu perfil, e é nisso que as pessoas não se ligam. A gente só divide os convidados de acordo com. Se souber focar e fazer isso direito, não tem mistério”, diz Carol.

Por exemplo, a Ford usa o slogan “show em família”, consequentemente, os nomes que a empresa irá convidar têm um tipo mais familiar. A Heineken tem a hastag “rock para mim”; a Doritos é “colorir”, então, de acordo com ela,  é uma lista mais diversificada.

Sobre eventuais momentos inconvenientes com pedidos para entrar, a empresária aparenta estar acostumada, devido à recorrência de vezes que isso ocorre. Mas ela prefere sempre enfrentar à base da velha e boa educação.

“Isso ocorre todo dia, até quando eu estou aqui dentro continua. Não saio à francesa, uso a sinceridade. Se der para tentar, a gente tenta. Se não der, a gente tem que ser sincero. Assim, conseguimos deixar todo mundo ciente da realidade.  E quem pode ter esperança de conseguir por meio de outra pessoa, eu acabo não prendendo essa pessoa. Ser sincera é a melhor solução”, conclui ela.

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
18 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »