Sentinelas 15:55h

Dia Mundial do Vitiligo: Como conscientizar a população e diminuir preconceito sobre a doença?

Confira o que foi destaque do Sentinelas desta quinta-feira

Por Redação Tupi

(Foto: Erika Corrêa / Divulgação: Super Rádio Tupi)

Nesta quinta-feira (25), é comemorado o Dia Mundial do Vitiligo, data criada para conscientizar a população e minimizar o preconceito sobre a doença que afeta até 1% da população mundial e é caracterizada pela perda de pigmentação da pele.

Em tempos de Pandemia, como lidar com esta doença que tem o estresse como um dos seus aceleradores?

O vitiligo deve ser diagnosticado clinicamente por um dermatologista.

A doutora Natasha Crepaldi, explica o que é a doença e a provoca.

A dermatologista Natasha Crepaldi ressalta que o Vitiligo é uma doença hereditária e fala como ela pode se manifestar.

Por ser uma doença que atinge a pele, o vitiligo impacta na qualidade de vida do paciente. A doutora Natasha fala sobre a melhor forma de lidar com a anomalia.

O analista Operacional, Luiz Fernando Pires, de 29 anos, diagnosticado com vitiligo há sete anos, conta como é viver com a doença.

Em tempos de Pandemia do novo coronavírus, a dermatologista Natasha Crepaldi dá dicas do que fazer para controlar a doença, e afirma que o paciente de vitiligo não está no grupo de risco da covid-19.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Samba Social Clube
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »