Mundo

56 militares opositores são expulsos da Venezuela por Maduro

Grupo esteve envolvido nas manifestações lideradas por Juan Guaidó

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

Na última quarta-feira, a imprensa oficial da Venezuela confirmou que o presidente do país, Nicolás Maduro, expulsou 56 militares acusados de estarem envolvidos nas manifestações contra o governo da Venezuela, lideradas por Juan Guaidó, no último dia 30. Durante o levante, cinco pessoas foram mortas e 239 ficaram feridas.

De acordo com a Associeted Press, entre os expulsos, está Manuel Figuera, que é ex-chefe do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin), órgão que, inclusive, era responsável vigiar Leopoldo López, um dos principais opositores de Maduro que o governo exigiu que fosse preso.

O governo Venezuelano ainda não se manifestou sobre para onde vão esses 56 militares. Nesse grupo há 36 sargentos; seis primeiros-tenentes; cinco tenentes-coronéis; quatro majores e quatro capitães.

Na última semana, a embaixada brasileira, localizada em Caracas, cedeu abrigou a 25 militares venezuelanos que pediram por refúgio.

 

Comentários
enquete

Você acha futebol chato ou emocionante?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
19 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Ele & Ela
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »