Conecte-se conosco

Capital Fluminense

Agressores de médica no Grajaú viram réus

Ticyana D’Azambuja foi espancada após reclamar do som alto de uma festa

Publicado

em

Foto/Reprodução

Foto/Reprodução

A Justiça do Rio aceitou a denúncia do Ministério Público contra Rafael Henrique Del Giudice Ferreira, Rodrigo Lima Pereira, Luis Claudio Balbino dos Santos, Luiz Eduardo dos Santos Salgueiro, Ester Mendes de Araujo e Rafael Martins Presta. A partir de agora, eles são réus no processo pela agressão à médica Ticyana Ferreira D’Azambuja, em maio do ano passado, no bairro do Grajaú.

Ela foi espancada após reclamar do som alto de uma festa clandestina com aglomeração que acontecia durante o período de isolamento social. Em dezembro de 2020, duas pessoas que participaram das agressões acordaram em pagar uma indenização de R$ 12 mil ao casal de vizinhos Marco Antônio Guimarães Cardoso e Juliana Castro Martins Cardoso, que tentou ajudar a médica na ocasião.

Na sentença, o juiz André Ricardo de Franciscis Ramos determinou Rafael Henrique Del Giudice Ferreira a pagar R$ 10 mil a Marco Antônio, enquanto Ester Mendes de Araújo foi condenada a pagar R$ 2 mil para Juliana. O casal era acusado de lesão corporal leve e ameaça contra os dois. Com o acordo, eles não foram acusados criminalmente.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *