Rio

Após ‘saidão de Natal’, 522 presos não voltam para as cadeias do RJ

Entre os que fugiram, estão 8 integrantes da facção criminosa mais perigosa do Rio de Janeiro

Por Redação Tupi

Foto: Reprodução

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, durante o “Saidão de Natal”, 522 dos 1.240 internos que estavam no regime semiaberto e receberam o benefício de Visita Periódica ao Lar no período de Natal, não retornaram para as unidades prisionais. Traficantes e assassinos condenados estão na lista dos detentos que não voltaram aos presídios.

O prazo para os internos voltarem para a cadeia acabou às 22h do dia 30 de dezembro. Ainda de acordo com a SEAP, Policiais Penais da Divisão de Busca e Recaptura atuam para recapturar os internos evadidos do sistema.

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro informou que não foi formalmente comunicado pela SEAP sobre a evasão dos detentos, mas após tomar conhecimento do assunto, o juiz Marcello Rubioli, da Vara de Execuções Penais, determinou que a Seap encaminhe a relação desses presos para a recaptura imediata.

Normalmente, as saídas acontecem em datas comemorativas como, a Páscoa, dia das mães e Natal. Para ter o direito de saída, é necessário estar preso em regime semiaberto ou trabalhar externamente, além de já ter usufruído de pelo menos uma saída especial nos últimos 12 meses. Apresentar bom comportamento e ter cumprido um sexto da pena, também são requisitos.

A ideia da saída é preparar o detento para o retorno à convivência em liberdade. Dessa forma, o condenado vai ganhando direitos gradualmente. Mas, todos os anos, muitos presos usam a data para escapar.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
11 de Janeiro de 2022 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »