Brasil

Até março deste ano, mais de mil profissionais saíram do Mais Médicos

Programa está com dificuldade de reestruturar o quadro de médicos após a saída de Cuba

Foto Reprodução

Por Redação Tupi 

De acordo com números divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira, o número de profissionais que desistiram do programa Mais Médicos já chega a 1052, e isso apenas nos três primeiros meses deste ano. Essa quantidade corresponde a 15% das vagas ocupadas após a saída de Cuba do  programa.

Desde de novembro, quando Cuba se retirou, o Ministério tem enfrentado problemas para preencher as vagas remanescentes. Ainda no mesmo mês, um edital foi aberto para ocupar as 8517 vagas que abriram, e 7120 foram preenchidas.

Diversos estados estão com problemas por causa da desistências de profissionais em trabalhar em específicas regiões devido à dificuldade em se adaptar à área, ou aprovações em residências. Divinópolis, em Minas Gerais, registrou a saída de 8 médicos; Alagoas, 20. São Paulo é o estado que conta com o maior número de vagas abertas, com 181. Logo atrás está Bahia, com 118; seguido por Minas Gerais, 104.

recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »