Jornalismo

Câmara aprova que mulheres vítimas de violência doméstica tenham divórcio imediato

Texto aprovado prevê que a vítima seja informada sobre o direito de pedir imediatamente o divórcio

Foto: Reprodução

Um projeto de lei aprovado pela Câmara nesta quarta-feira (27), permite que mulheres vítimas de violência doméstica solicitem a decretação imediata do divórcio ou a dissolução da união estável. A relatora do texto é a deputada Erika Kokay (PT-DF). A PL segue para apreciação do Senado.

O texto aprovado prevê que a vítima seja informada sobre o direito de pedir imediatamente o divórcio. A autora do projeto afirma que pelo fato de haver desinformação sobre a possibilidade do ajuizamento imediato, é de extrema importância colocar na lei a necessidade de orientar as vítimas sobre essa alternativa.

recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Novembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »