Conecte-se conosco

Sentinelas 15:55h

Caminhos da Adoção e o direito da convivência familiar

Confira o que foi destaque no Sentinelas da Tupi Especial desta quinta-feira

Publicado

em

Caminhos da Adoção e o direito da convivência familiar
Confira o que foi destaque no Sentinelas da Tupi Especial desta quarta-feira

Nesta quarta-feira (25), é o Dia Nacional da Adoção. Instituída em 2002 a data foi criada com o objetivo de conscientizar a população sobre o processo que assegura a crianças e adolescentes, o direito à convivência familiar.

Quais ações mais efetivas para estimular a adoção no país?

Dados do Conselho Nacional de Justiça apontam que existem mais de 33 mil pretendentes a adoção, e pouco mais de 4 mil crianças e adolescentes aptos para serem adotados.

O coordenador da Infância e Juventude da Defensoria Pública do Rio de Janeiro, Dr. Rodrigo Azambuja, fala sobre a importância do Dia da Adoção.

Responsável por lançar a Frente Parlamentar Pró-infância, Adolescência e Adoção na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, deputada estadual Tia Ju , do Republicanos, defende o processo de adoção, seja ela tardia ou não.

A deputada Tia Ju estimula a adoção tardia.

A Advogada, Vanessa Lima orienta sobre os procedimentos para a adoção.

A doutora Vanessa fala sobre os avanços no perfil dos candidatos a adotar.

A adoção é um direito de crianças e adolescentes se tornarem filhos e filhas mas também de homens e mulheres se tornarem pais e mães. A advogada, Dalia Tayguara, que adotou suas três filhas e o empresário, Nelson Longuinho, pai da Maria Vitória, de 18 anos, ressaltam.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.