Sentinelas da Tupi

De virada, Peru vence Bolívia e Guerrero marca no Maraca

Seleção peruana faz 3 a 1 e chega aos 4 pontos no Grupo A da Copa América

Por Redação Tupi

Bolívia e Peru fizeram na noite desta terça-feira, no Maracanã, uma decisão antecipada no Grupo A. Em jogo válido pela segunda rodada, a seleção peruana venceu a Bolívia por 3 a 1 (gols de Guerrero, Farfán e Flores para os peruanos e com Marcelo Moreno descontando). Com a derrota, a Bolívia ficou em posição complicada no grupo, e amarga a última colocação sem nenhum ponto somado. O Peru está com 4 pontos.

Em um primeiro tempo fraco tecnicamente e com poucas chances criadas para ambos os lados. O primeiro ataque do jogo foi com Andy Polo aos 10 minutos, que chutou para a fácil defesa de Lampe. Já primeira chance real de gol foi aos 20 minutos, numa bela tabela de Farfan com Andy Polo. O camisa 10 da seleção peruana sofreu uma falta frontal, próximo a grande área. Na cobrança, Farfán tentou acertar o ângulo esquerdo de Lampe, mas tirou muito do gol e saiu em tiro de meta.

Depois do ataque peruano, a Bolívia criou coragem e saiu para atacar. Aos 23 minutos, no seu primeiro ataque no jogo, numa boa jogada pela direita com Saucedo, o camisa 20 chuta e acerta a mão de Carlos Zambrano. Após auxilio do VAR, o árbitro Roddy Zambrano assinala o pênalti. Na cobrança, Marcelo Moreno abriu o placar após chutar do lado direito do goleiro Gallese, que pulou para o lado esquerdo. Após o gol, a Bolívia começou a gostar da partida, e com isso, deu mais espaço para a seleção peruana. Aos 45 minutos, numa bobeada de Savedra, Cueva recuperou a bola e lançou Guerrero que aplicou o drible da vaca em Lampe e empatou a partida ainda na primeira etapa.

No segundo tempo, o jogo deu uma melhorada e as duas seleções criaram mais. Logo no primeiro minuto da partida, Farfán fez uma bela jogada pela esquerda e lançou Andy Polo chutou forte ao lado direito do goleiro Lampe. A seleção peruana começou a gostar mais do jogo e o segundo gol amadureceu. Aos 9 minutos da segunda etapa, Guerrero teve que sair da grande área e buscar a bola pelo lado esquerdo. O peruano fez um belo cruzamento para Farfán subir e cabecear para fazer o gol da virada.

Com a virada, a seleção peruana deu espaço para a Bolívia, e com isso, aos 22 minutos, Raúl Castro acertou um belo chute de fora da área, obrigando Gallese a fazer uma excelente defesa, no rebote, Mario Savedra pegou mal e perdeu a chance de empatar o jogo. O Peru dominava o jogo e criava mais chances reais de gol. O terceiro gol quase saiu aos 32 minutos em escanteio cobrado por Cueva, Guerrero cabeceou rasteiro e Lampe defendeu. Na sequência, Advincula chutou rasteiro no lado esquerdo do gol, obrigando o goleiro boliviano a trabalhar mais uma vez. Já nos acréscimos, Farfán recebeu na esquerda, tocou para Edison Flores na direita, o jogador fingiu o chute, deixa Lampe no chão e deu uma cavadinha firme para o fundo da rede. Com o terceiro gol, o árbitro encerrou o jogo. A seleção peruana colocou a a Bolívia em situação complicada.

O próximo adversário do Peru é o Brasil. O jogo será neste sábado, na Arena Corinthians, às 16h, partida que vai decidir quem será o primeiro colocado do grupo A. Já a seleção da Bolívia enfrenta a Venezuela, também neste sábado, no Mineirão, às 16h.

Comentários
enquete

Vale a pena se tornar vegetariano só para agradar o (a) parceiro (a)?
Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
20 de Setembro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »