Conecte-se conosco

Últimas Notícias

Dedicação ao estudo e engajamento social leva aluno da Faetec para Nova York, Washington e Chicago

Thales de Albuquerque Lima, 17 anos, aluno da Escola Técnica Estadual Juscelino Kubitschek

Publicado

em

Dedicação ao estudo e engajamento social leva aluno da Faetec para Nova York, Washington e Chicago
Dedicação ao estudo e engajamento social leva aluno da Faetec para Nova York, Washington e Chicago (Foto: Divulgação)

Esforço, dedicação e estudo. Essa é a receita que levou Thales de Albuquerque Lima, 17 anos, aluno da Escola Técnica Estadual Juscelino Kubitschek (ETEJK), em Jardim América, na Zona Norte do Rio, unidade vinculada à Rede Faetec, a uma experiência que considera inesquecível: quatro semanas nos Estados Unidos por dois programas diferentes.

Mais do que formação profissional, tratou-se da realização de um sonho ao embarcar em junho rumo à Nova York, onde participou por duas semanas do programa Global Reporting oferecido pelo jornal “New York Times”. Único brasileiro selecionado após longo processo seletivo. Lá, teve palestras sobre diversidade em diferentes comunidades que habitam a cidade com jornalistas internacionais consagrados, inclusive correspondentes de guerra.

“Foi inesquecível, um sonho. Ouvir pessoas de diferentes regiões e países. Acompanhar o drama de refugiados de guerra como os afegãos. Foi uma experiência muito rica”, disse Thales, aluno do terceiro ano de Administração.

Mal desfez as malas e, na semana seguinte, junto com mais 49 estudantes de todo o Brasil, ele estava voltando aos Estados Unidos. Desta vez, o retorno se dava por conta do programa “Jovens Embaixadores”, patrocinado pelo Departamento de Estado e a Embaixada dos EUA, para jovens engajados em causas sociais, com boas notas e alunos de escola pública. Foram mais duas semanas: uma em Washington, outra em Chicago. Para o estudante, sonhos são para serem realizados com luta, esforço e perseverança.

“Eu acredito que, independente das dificuldades, as pessoas precisam lutar pelo seu sonho. Principalmente para um jovem de periferia, estar à frente é uma necessidade. O mundo está cada vez mais difícil e complexo; o estudo ainda é a melhor ferramenta para combater a desigualdade”, afirmou o morador de Brás de Brás Pina.

Continue lendo
1 comentário

1 comentário

  1. Adriana Silveira

    30 de setembro de 2022 em 15:40

    Parabéns, jovem! Vc é exemplo e inspiração para muitos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.