Jornalismo

Em primeira entrevista desde que foi preso, Lula diz que não troca dignidade por liberdade

Reportagem menciona que o Lula é "o mesmo de sempre", e que ele se emocionou ao falar da morte do irmão

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira, pela primeira vez, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode conceder uma entrevista. Após a autorização do STF, Lula conversou com repórteres do jornal Folha de São Paulo e do site EL PAÍS. O site divulgou uma parte da entrevista com o ex-presidente.

No texto, Lula diz estar certo em relação a sua inocência e critica o ministro da Justiça, o ex-juiz Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol.

“Sei muito bem qual lugar que a história me reserva. E sei também quem estará na lixeira… Reafirmo minha inocência, comprovada em diversas ações… Não tem problema que eu fique aqui para o resto da vida. Quem não dorme bem é o Moro, Dallagnol e o juiz do TRF-4 (que confirmou sua condenação em segunda instância)”, disse o ex-presidente, em entrevista ao site.

A reportagem menciona que o Lula é “o mesmo de sempre”, e que ele se emocionou ao falar da morte do irmão, Genival Inácio da Silva (Vavá) e o neto Arthur Araújo Lula da Silva.

“Esses dois momentos foram os mais graves… Vavá é como se fosse um pai pra família toda. E a morte do meu neto foi uma coisa que efetivamente não, não, não… [pausa e chora]. Eu às vezes penso que seria tão mais fácil que eu tivesse morrido. Porque eu já vivi 73 anos, eu poderia morrer e deixar meu neto viver”, lamentou o ex-presidente.

 

enquete

Homens são mais sinceros que as mulheres quando o assunto é amizade?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »