Rio

Empresa que adulterava e revendia óleos lubrificantes no Rio e em São Paulo é interditada

Criminosos encomendavam embalagens de empresas no Paraná e confeccionavam etiquetas iguais às dos produtos originais

Por Redação Tupi

Imagem de galões de óleo
Foto: Divulgação/ PCRJ

Policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) e da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) realizaram, nesta quinta-feira (01/07), a primeira fase da operação “Transoil”.

Os agentes interditaram uma empresa que receptava, adulterava e revendia óleos lubrificantes no Rio de Janeiro e São Paulo, movimentando mais de R$ 1 milhão por mês. A ação aconteceu no bairro Vila Iracema, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Três pessoas foram presas em flagrante.

As investigações duraram sete meses e identificaram que o esquema funcionava a partir da receptação do material de origem ilícita em galões de 200 litros. Os criminosos encomendavam embalagens de empresas no Paraná e confeccionavam etiquetas iguais às dos produtos originais.

Antes de ser embalado, o material era misturado a corantes para apresentar aspecto de melhor qualidade e dificultar a percepção dos consumidores finais. Foi verificado também que os produtos eram vendidos sem notas fiscais, devido sua origem ilegal.

Durante a ação foram capturados dois funcionários e o gerente da empresa, que estavam no local adulterando e produzindo as embalagens para recebimento do óleo que já estava armazenado. Eles e o dono do estabelecimento vão responder pelos crimes contra a relação de consumo, contra ordem econômica, receptação e associação criminosa.


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Agosto de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »