Capital Fluminense

‘Fura Fila’: Nove pessoas são indiciadas por burlarem vacinação contra a Covid-19 no Hospital Miguel Couto

Num primeiro momento foram levantadas aproximadamente 200 situações suspeitas, ao longo da investigação, diversas foram descartadas

Por Isaac Santos

hospital miguel couto
Hospital Municipal Miguel Couto (Foto: Reprodução)

Nove pessoas foram indiciadas pela Delegacia de Combate a Corrupção e Lavagem de Dinheiro (DCC-LD), por terem furado a fila de vacinação contra a Covid-19 no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. Os acusados são ex-funcionários da unidade, que utilizaram os crachás antigos para tomar o imunizante, e moradores da região, que declararam falsamente serem médicos do hospital para serem atendidos de forma prioritária.

Em um primeiro momento, foram levantadas aproximadamente duzentas situações suspeitas. Ao longo da investigação, diversas foram descartadas após os vacinados comprovarem que eram terceirizados da unidade de saúde ou acadêmicos de medicina que atuam no local.

Os indiciados vão responder pelos crimes de falsidade ideológica, que prevê penas de reclusão de um a cinco anos e multa, e infração de medida sanitária, que tem penas de detenção de um mês a um ano, além de multa. Os inquéritos foram encaminhados ao Ministério Público.​


recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
05 de Agosto de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Clóvis Monteiro
« Programa Anterior
20:00 - Super Futebol Tupi
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »