Destaques

Furto de equipamentos da Supervia chega ao dobro do ano passado

De acordo com a concessionária, de janeiro até agora, foram contabilizados 15 furtos

Por Redação Tupi

Relatos são de trens superlotados e intervalos de circulação irregulares
(Foto: Divulgação)

O número de cabos furtados na Supervia já é mais que o dobro dos casos registrados em todo o ano passado. De acordo com a concessionária, de janeiro até agora, foram contabilizados 15 furtos, totalizando cerca de 3.290 grampos retirados dos trilhos. Em todo o ano de 2020, houve seis ocorrências desse tipo, quando criminosos furtaram 1.602 grampos.

A maior parte dos casos aconteceu no ramal de Japeri (7 casos), seguido Belford Roxo (5 casos), Deodoro (2 casos) e Saracuruna (1 caso).  O episódio mais recente ocorreu no último sábado (29), no ramal Japeri.

“São componentes fabricados de aço para aguentar os esforços da circulação dos trens e suportar as variações dos trilhos, por isso o seu valor comercial. Quando observamos a supressão desses conjuntos de grampos, tomamos medidas para garantir a segurança dos passageiros e dos nossos colaboradores, como a redução da velocidade e até a interrupção temporária da operação”, explica Roberto Fisher, gerente de Via Permanente e Engenharia da SuperVia.

De acordo com a Supervia, os agentes de controle da concessionária não têm poder de polícia. Eles realizam rondas em ações preventivas e acionam os órgãos competentes sempre que necessário. De acordo com o contrato de concessão, a segurança pública é uma atribuição do Governo do Estado, que atua na SuperVia por meio do Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer).  Os casos de furtos no sistema são registrados em delegacia.



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »