Região Serrana

Gestor de hospital é investigado por desviar dinheiro para unidade onde o filho é diretor

Ministério Público apura várias irregularidades envolvendo unidades de saúde de Petrópolis

Por Redação Tupi

Hospital Clínico de Corrêas, em Petrópolis. Foto: Reprodução Internet
Hospital Clínico de Corrêas, em Petrópolis. Foto: Reprodução Internet

O Ministério Público realiza, nesta quinta-feira (08), uma operação que apura se Alexandre Gonçalves Pessurno, então sócio do Hospital Clínico de Corrêas, em Petrópolis, teria desviado mais R$ 3 milhões da unidade para o Hospital Nossa Senhora Aparecida, administrado pelo filho dele, e que fica no mesmo município. Existe também a suspeita que diretor do Hospital de Corrêas tenha utilizado recursos da unidade para pagamento de salários de funcionários de outros hospitais. As buscas têm objetivo de reunir novas provas para a continuidade das investigações.

Durante a investigação, equipes de polícia da 106ª DP constataram veículos saindo do Hospital Clínico de Corrêas e desembarcando com volumes em sacos plásticos grandes e pretos, bem como com embalagens de “quentinhas”. Segundo o MPRJ, a atitude, devidamente gravada, seria a evidência de que o HCC estaria suprindo interesses pessoais de Alexandre sem a devida contraprestação.



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Baú da Tupi
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Pedro Augusto
06:00 - Programa Cristiano Santos
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
03:00 - Domingo Show
12:00 - Bola em Jogo
20:00 - Conexão Tupi
10:00 - De Frente Com Elas
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »