Rio

Governador sanciona lei que beneficiará propriedades rurais com isenção do ICMS

Mercado agropecuário fluminense vem se destacando como forte gerador de emprego e renda

Por Redação Tupi

Imagem de uma área de mata
Foto: Divulgação/ Secretaria de Agricultura

O governador Claudio Castro sancionou a Lei nº 9.360/2021, que concede isenção de ICMS no fornecimento de energia elétrica para consumo por estabelecimento rural do Estado do Rio de Janeiro.

O mercado agropecuário fluminense vem se destacando como forte gerador de emprego e renda. Segundo representantes do setor, as despesas com energia elétrica representam uma parcela significativa na composição de custos dos produtores rurais.

“O setor rural se apresenta como um caminho contínuo para geração de riquezas e para o desenvolvimento econômico. A lei incentivará o aumento da produção no campo. Inicialmente, acreditamos que em torno de 15 mil propriedades já poderão ser beneficiadas. Gostaria de agradecer ao governador Claudio Castro, que tem dado prioridade as demandas do interior do estado, à ALERJ, que tem apoiado o agro, e a Federação de Agricultura pela mobilização” – afirmou o Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca e Abastecimento, Marcelo Queiroz.

O estado do Rio de Janeiro possui cerca de 65 mil propriedades rurais, de acordo com o Censo de 2017. A lei deve beneficiar até 30 mil propriedades rurais nos próximos anos. A isenção, no entanto, está condicionada à comprovação anual da exploração da atividade agrícola ou pecuária e de alguns documentos.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »