Brasil

IBGE prevê safra de 2021 com alta de 1,9% frente a este ano

Arroz, o milho e a soja são os três principais produtos deste grupo

Por Marcos Antonio de Jesus

(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O IBGE está prevendo que a safra brasileira de grãos, cereais e leguminosas deva chegar a cerca de 256 milhões de toneladas em 2021, o que representaria um crescimento de 1,9% em relação às estimativas para o ano. Seria um novo recorde na série histórica iniciada em 1975.

A estimativa é impulsionada pela elevação de mais de 6 milhões de toneladas na produção de soja e de 870 mil toneladas na primeira safra do milho. A colhida este ano foi de 65,3 milhões de hectares, aumento de 2,1 milhões de hectares (3,3%) frente à área colhida em 2019.

O arroz, o milho e a soja são os três principais produtos deste grupo, que, somados, representam 92,7% da estimativa da produção e respondem por 87,1% da área a ser colhida. Em relação a 2019, houve acréscimos de 3,5% na área do milho (aumentos de 2,5% no milho 1ª safra e de 3,9% no milho 2ª safra); de 3,5% na área da soja e de 0,6% na área do algodão herbáceo, ocorrendo queda de 1,1% na área de arroz.

Já para a segunda safra do milho, a produção estimada no ano que vem é de 72,6 milhões de toneladas. O número representa uma redução de 2,4% em relação ao que foi colhido em 2020.

Comentários

enquete

Você aprova os convocados para a Seleção Brasileira?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
14 de Maio de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Heleno Rotay
« Programa Anterior
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »