Brasil

Janeiro roxo: o mês de conscientização sobre a Hanseníase

Ao todo, são 30 mil novos casos da doença por ano no Brasil

Por Marcelo Silva

(Agência Brasil)

Monumentos de todo o país serão iluminados na cor roxa, neste mês de janeiro, como parte da campanha de conscientização sobre a Hanseníase.

O Janeiro Roxo foi criado no ano 2016 e tem o último domingo do mês como data símbolo. Nesse dia é celebrado o Dia Mundial de Combate e Prevenção da Hanseníase.

Ao todo, são 30 mil novos casos da doença por ano no Brasil, que é o país com o segundo maior número de registros, perdendo apenas para a Índia.

A hanseníase é uma doença infectocontagiosa que causa manchas na pele e dormencia. Os sintomas da doença aparecem, principalmente, nas extremidades das mãos e dos pés, no rosto, orelhas, nádegas, costas e pernas.

(Agência Brasil)

A doença se caracteriza pelo aparecimento de manchas esbranquiçadas, amarronzadas ou avermelhadas, com perda de sensibilidade ao calor, ao toque e à dor.

É possível uma pessoa queimar a pele na chama do fogão ou em uma superfície quente e sequer perceber. A prevenção consiste no diagnóstico e tratamento precoces, o que ajuda a evitar a transmissão e o consequente surgimento de novos casos.

No Rio de Janeiro, o Cristo Redentor será iluminado na cor roxa, na data marcada para o alerta sobre o aumento do número de casos da doença.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Janeiro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »