Destaques

Joias de Sérgio Cabral avaliadas em cerca de R$ 1 milhão, são leiloadas no Rio

Entre os itens à venda estavam 3 relógios da marca Rolex, um deles vendido por R$ 170 mil

Por Marcelo Silva

Além de Cabral, outros condenados nas Operações Mascate e Eficiência 2 também terão o pedido de acréscimo de pena julgados
(Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Quase R$ 1 milhão de reais em jóias e relógios de luxo, que pertenciam ao ex-governador Sérgio Cabral, e sua ex-mulher, Adriana Ancelmo foram leiloados na última sexta-feira, durante um leilão virtual realizado no Rio de Janeiro.

Entre os itens arrematados estavam 3 relógios da marca Rolex, um deles foi vendido por R$ 170 mil, três vezes o valor que tinha sido avaliado. Além disso também foram arrematados 20 pares de brinco, que pertenciam a ex-primeira dama e uma medalha com diamantes.

Relógio de Sérgio Cabral é arrematado por R$ 170 mil
(Relógio de Sérgio Cabral é arrematado por R$ 170 mil / Leiloeiro Rio)

O pregão foi dividido em duas etapas. Na última quinta-feira (08), os participantes puderam ter acesso ao valor de cada itém, dar lances e fechar negócios. No dia 15 deste mês, acontece a segunda fase do pregão e o que não foi vendido no primeiro leilão entra poderá ser arrematado com 20% de desconto, em cima da avaliação de cada item.

Estavam à venda:

  • 9 relógios — sendo 3 da marca Rolex;
  • 20 pares de brinco;
  • 2 pulseiras;
  • 7 anéis;
  • 2 colares — um de pérolas e outro de ouro;
  • 1 medalha com diamantes;
  • 1 par de abotoaduras.

A joia mais cara do leilão de quinta não foi vendida. É um anel de ouro branco, dezoito quilates, com rubis, avaliado em mais de R$ 106 mil. Já o item mais barato foi vendido. É um relógio de aço com pulseira de couro arrematado por R$ 180.

Todo o dinheiro arrecadado no leilão vai para um fundo da Justiça Federal. O pregão tem como objetivo recuperar parte dos valores que foram desviados dos cofres públicos, nos esquemas de corrupção que foram descobertos duante a Operação Lava Jato.

Sérgio Cabral está preso desde novembro de 2016. O ex-governador já sofreu vinte condenações nos processos que envolvem a Lava Jato do Rio. Somadas, as penas do político já chegam a quase 400 anos de prisão.


Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »