Conecte-se conosco

Mundo

Jornalista é assassinado no México após investigar presença do narcotráfico em San Luis Río Colorado

Santiago Barroso se tornou o terceiro jornalista assassinado no País este ano

Publicado

em

Foto: Divulgação Red Sonora

O jornalista Santiago Barroso foi assassinado no México na última sexta-feira. Indivíduos armados atiraram contra a sua casa em Sonora, estado fronteiriço com os Estados Unidos, com forte presença do narcotráfico.

Santiago, de 47 anos, se tornou o terceiro jornalista assassinado no México neste ano. Ele foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. De acordo com meios locais, Barroso investigava a presença do narcotráfico em San Luis Río Colorado.

Segundo um veículo local, dois indivíduos que chegaram em um carro à casa do jornalista bateram na porta. Quando o jornalista abriu, dispararam à queima-roupa. Santiago foi ferido com duas balas no estômago e uma no mamilo esquerdo.

Segundo a organização Repórteres sem Fronteiras (RSF, com sede em Paris), já são mais de cem comunicadores mortos no México desde o ano 2000.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.