Justiça

Justiça do Rio inocenta Marcelo Crivella na destruição do pedágio da Linha Amarela

No início deste mês, o Ministério Público do Rio, apresentou denúncia acusando o ex-prefeito, de ter cometido crime de abuso de autoridade

Por Redação Tupi

(Foto: Talita Giudice/Super Rádio Tupi)

O juiz Rubens Roberto Rebello Casara, da 43ª Vara Criminal do Rio, rejeitou, nesta sexta-feira (14), a denúncia do MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) contra o ex-prefeito do Rio, Marcelo Crivella, por abuso de autoridade na decisão de derrubar cancelas e cabines do pedágio da linha Amarela, após suspensão da cobrança, ocorrida em 2019.

De acordo com o juiz, não é possível reconhecer que a conduta tenha sido praticada contra bens ou interesses públicos, e ainda disse na decisão, que os equipamentos não eram essenciais aos serviços, que continuaram a ser prestados, após serem danificados.

No início deste mês, o Ministério Público do Rio, apresentou denúncia acusando o ex-prefeito Crivella, de ter cometido crimes de abuso de autoridade, causando prejuízos contra o patrimônio do Município, e empresa concessionária de serviços.



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
13 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Pedro Augusto
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
11:00 - Samba Social Clube
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »