Rio

Lourenço Jorge e Hemorio fazem campanha de doação de sangue

O número de doações de sangue caiu por causa da pandemia da covid-19

Por Marcelo Silva

Reprodução. Foto: Paulo Vitor.

O Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca lançou uma campanha de doação de Sangue, em parceria com o Hemorio, para aumentar o números de doadores, da unidade da Zona Oeste do Rio.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, as doações sofreram uma queda drástica por causa da pandemia da Covid-19. No Lourenço Jorge, a campanha “Sangue Novo” acontece nesta quarta-feira (14) das 10h às 15h, e tem como meta recolher pelo menos 100 bolsas de sangue, que podem beneficiar até 360 pacientes.

O Hospital Lourenço Jorge foi premiado em 2019 pelo Hemorio como a unidade que se destacou no número de bolsas de sangue coletadas, mas há risco de desabastecimento. Ainda de acordo com o instituto, parceiro na iniciativa, todos os procedimentos de segurança sanitária para evitar o contágio da Covid-19 serão adotados no momento da doação.

Quem pode doar na pandemia

É preciso ter entre 16 e 60 anos e até 69 caso já sejam doadores de sangue. O doador deve pesar no mínimo 50 quilos. É necessário estar bem de saúde. Quem quiser doar, precisa portar um documento de identidade oficial com foto.

Não é necessário estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e não ingerir bebidas alcoólicas 12 horas antes;

Candidatos à doação que tiveram a doença ficam inaptos por 90 dias após a cura;

Candidatos à doação que tiveram a forma grave da doença ficam inaptos por 1 ano após a cura;

Candidatos à doação que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados ficam inaptos por 30 dias após cessação do contato;

Candidatos à doação que retornaram de viagem internacional, vindos de qualquer país, ficam inaptos por 30 dias a partir do dia da chegada ao Brasil;

Candidatos à doação que tiveram contato domiciliar com casos suspeitos ou confirmados; ficam inaptos por 30 dias após a cessação do contato;

Quem teve Covid-19 pode doar 30 dias após o desaparecimento dos sintomas;

Quem teve a forma grave da doença (internação em UTI) precisa esperar alguns meses.

Jovens com 16 e 17 anos só podem doar sangue com autorização dos pais ou responsáveis legais. Eles devem portar o seu documento e um documento de identidade do responsável que assinou a autorização.

Mais informações sobre doações, os interessados podem entrar com contato  com o disque sangue (‪0800 282 0708), de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 7h ‪às 17h‬‬.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
31 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Nenhuma programação disponível
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
11:00 - Programa Francisco Barbosa
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »