Conecte-se conosco

Últimas Notícias

Major da PM é acusado de agredir empregada no Recreio dos Bandeirantes

Segundo a funcionária, Patrícia Peixoto, as agressões aconteceram porque ela chegou atrasada ao trabalho

Publicado

em

Um major da Polícia Militar está sendo investigado pela Polícia Civil por agredir a empregada doméstica. O caso aconteceu no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio.

Imagens das câmeras de segurança do elevador do prédio mostram o major Bruno Chagas discutindo com a funcionária Patrícia Peixoto e dando um tapa no rosto dela. Segundo a vítima, que denunciou o crime, as agressões aconteceram porque ela chegou atrasada ao trabalho.

Na manhã desta terça feira (26), muito emocionada, a empregada doméstica Patrícia Peixoto deu uma entrevista ao programa Isabele Benito falando sobre a agressão.
“Ele ficou nervoso, colocou o dedo no meu rosto, falando horrores, me xingando e eu pedindo a ele pra se afastar de mim. Eu me senti coagida, humilhada, eu falei que iria dar parte dele e ele disse que não iria adiantar de nada porque ele era Major. Estou com medo e pedi ao meu advogado pra entrar com uma medida protetiva.” disse a doméstica.

Isabele Benito, disse que a atitude de Patricia foi exemplar: “A melhor medida protetiva que a gente pode ter e falar e denunciar e não se sentir acuada, como a sua atitude. Eu agradeço do fundo do meu coração e te digo uma coisa, não se sinta humilhada se sinta abraçada. Eu espero que a corregedoria da PM não aceite ou jogue em baixo do tapete esse caso”. Finalizou a apresentadora.

Em nota, a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou “que a Corregedoria Geral da Corporação já está com as imagens e que foi aberta uma apuração sumária para o caso”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.