Sentinelas da Tupi

Mestre Paulinho passar por sequestro relâmpago e tentativa de assassinato

Ex-ritmista da Beija-Flor queimou parcialmente as mãos e o rosto

Por Redação Tupi

Nesta terça-feira, o mestre de bateria Paulinho Botelho foi vítima de um de sequestro relâmpago e uma tentativa de assassinato. O pegaram no bairro de Pilares e o largaram em Thomaz Coelho, ambos na Zona Norte do Rio.

De acordo com o músico, que já passou pela escola de samba Beija-Flor de Nilópolis, os bandidos atearam fogo no veículo com ele dentro, levaram um relógio e cerca de R$ 200. Apesar de estar bem, a vítima ficou com as mãos e o rosto parcialmente queimados.

Em entrevista ao site Carnavalesco, ele contou que tinha saído para comprar um remédio.

“Estava no lugar errado e na hora errada. Papai do céu me deu esse livramento. Fui a Pilares comprar um remédio e me abordaram. Passearam comigo pelos bairros da redondeza. Quando chegou em Thomaz Coelho eles me largaram dentro do carro, levaram meu relógio, R$ 200 e jogaram gasolina no carro comigo lá dentro. Não era a minha hora de furar a fila e eu estou aqui. Gostaria de agradecer o carinho de todos”, disse Paulinho.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
26 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show de Bola
« Programa Anterior
Nenhum programa encontrado
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »