Destaques

Morre jornalista e escritor Artur Xexéo, aos 69 anos

Ele estava internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação/ Redes Sociais

Morreu na noite deste domingo (27), o escritor e jornalista, Artur Xexéo, de 69 anos. Ele estava internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio. De acordo com as primeiras informações, o jornalista foi diagnosticado há duas semanas atrás com um linfoma de não hodginks das células T, e chegou a fazer a primeira sessão de quimioterapia na última quinta-feira (24). No dia seguinte, teve uma parada cardiorrespiratória, que foi revertida rapidamente, porém na noite de hoje (27), acabou não resistindo.

Formado em Comunicação pela Facha, depois de ter largado no terceiro ano o curso de Engenharia da PUC-RJ, Artur Xexéo, iniciou a carreira jornalística em meados de 1975, como estagiário da editoria de Geral no Jornal do Brasil (RJ). Trabalhou nas revistas Veja São Paulo e Isto É (SP).

Voltou ao JB em 1985, como subeditor de Cultura. Passou a editor da revista Domingo, depois do Caderno B, mais adiante, de Cidade. Chegou à Subsecretaria de Redação, acumulando a atividade com a função de colunista. Manteve uma coluna no jornal O Globo, onde por muito tempo, exerceu a função de editor do Segundo Caderno.

Segundo Xexéo a notícia mais difícil que já deu na vida foi a morte de Elis Regina de quem era fã. Escreveu, também, um blog no site do jornal – o Blog do Xexéo.

Foi comentarista da rádio CBN e do Estúdio i, do canal Globo News. Em junho deste ano, descobriu um linfoma em estagio avançado. Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento do jornalista.

 

 

 

 

 

 



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Julho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Patrulha da Cidade
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Botequim do Mister
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »