Região Serrana

MPRJ denuncia mulher que pregou contra quem posta ‘coisa de gente preta, de gay’

Após a repercussão do caso, pastora disse que foi "infeliz nas palavras"

Por Tatiana Campbell

Na imagem, Karla Cordeiro na igreja
Foto: Reprodução / Redes Sociais

O Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ) denunciou a pregadora Karla Cordeiro dos Santos. No início do mês, a mulher aparece em um vídeo pregando em uma igreja de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, criticando fiéis que defendem causas políticas, raciais e LGBTQIA+.

Karla Cordeiro fala: “parem de querer ficar postando coisa de gente preta, de gay”. A mulher diz ainda que é um absurdo cristãos levantarem bandeiras de grupos ativistas negros e LGBTQIA+.

“É um absurdo pessoas cristãs levantando bandeiras políticas, bandeiras de pessoas pretas, bandeiras de LGBTQIA+, sei lá quantos símbolos tem isso aí. É uma vergonha, desculpa falar, mas chega de mentiras, eu não vou viver mais de mentiras. É uma vergonha. A nossa bandeira é Jeová Nissi. É Jesus Cristo. Ele é a nossa bandeira”.

Para o MP, Kakau Cordeiro praticou, induziu e incitou o preconceito e a discriminação contra as pessoas de cor preta e aquelas pertencentes à comunidade LGBTQIA+.

Se condenada, a pastora pode pegar de três a cinco anos de prisão pelo crime de intolerância qualificada. Após a repercussão do caso, a mulher disse que foi “infeliz nas palavras”.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Setembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »