Política

Para ministro, retirada do ar de conteúdo de sites é ‘mordaça’

Marco Aurélio Mello criticou a decisão do colega de Supremo, o também ministro Alexandre de Moraes

(Foto: Reprodução)

Em declaração à Rádio Gaúcha, nesta quinta-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello chamou de “mordaça” a atitude de retirar do ar conteúdos dos sites “Crusoé” e “O Antagonista”. A decisão partiu do também ministro da Corte, Alexandre de Moares.

Marco Aurélio declarou, na entrevista, que “isso não se coaduna com os ares democráticos da Constituição de 1988”. E continuou falando que:  “Não temos saudade de um regime pretérito. Não me lembro, nem no regime pretérito, que foi um regime de exceção, coisas assim, tão violentas como foi essa. Agora o ministro deve evoluir, deve afastar, evidentemente, esse crivo que ele implementou”.

A decisão em relação a esse caso coube ao ministro Alexandre de Moraes, devido a sua posição de relator no processo de investigação sobre notícias falsas (fake news) que visam difamar ou caluniar ministros ou o próprio STF.

E anda durante a entrevista à Rádio Gaúcha, o ministro Marco Aurélio Mello comentou: “Não cabia a instauração de inquérito pelo Supremo. Cabia sim, se fosse o Ministério Público (o relator do processo), que é quem atua como ‘estado acusador’. O Supremo é um ‘estado julgador’. Ele só deve atuar mediante provocação”.

enquete

Rodolffo Matthaus mereceu ser eliminado do BBB21?

Carregando ... Carregando ...


AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Abril de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »