Jornalismo

Partido nega candidatura de Dr. Bumbum ao cargo de vereador

Médico que responde por homicídio durante um procedimento estético teve a inscrição negada pela legenda

Por Marcelo Silva

 

(Reprodução Redes Sociais)O partido Patriota negou a candidatura do médico, Denis césar Barros Furtado, o doutor bumbum ao cargo de vereador da cidade do Rio de Janeiro. O médico que responde pelo homicídio da bancária, Lilian Calixto, que morreu após se submeter a um procedimento estético, em 2018 se filiou ao partido em abril deste ano.

Mesmo respondendo a um processo na Justiça do Rio, Dr. Bumbum teve a inscrição foi oficializada pelo Tribunal Superior Eleitoral. Durante esse período, em seu perfil que tem mais de meio milhão de seguidores, Denis divulgou sua pré-candidatura pelas redes sociais, abordando noticiais da política carioca, usando um discurso de combate à corrupção na cidade.

(Reprodução redes sociais)

Apesar da campanha, durante a última reunião do diretório do Patriota no Rio, a legenda recusou a inscrição de doutor bumbum nas próximas eleições municipais.  A justificativa para a candidatura do médico ter sido rejeitada ainda não foi divulgada pelo partido.

Procurado, Denis Cesar Furtado ainda não se pronunciou sobre o caso.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
27 de Setembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »