Conecte-se conosco

Região Serrana

Petrópolis registra 14 ocorrências por conta da chuva

Apesar do grande número de ocorrências, todas foram sem gravidade e sem nenhuma vítima

Publicado

em

Petrópolis registra 14 ocorrências por conta da chuva
Petrópolis registra 14 ocorrências por conta da chuva (Reprodução)

A Defesa Civil de Petrópolis, na Região Serrana, registrou 14 ocorrências até a manhã desta quarta-feira (1) por conta da chuva que atingiu a cidade na tarde da última terça (31).

Apesar do grande número de ocorrências, todas foram sem gravidade, como queda de árvore, muro, deslizamentos e problemas em vias, sem nenhuma vítima.

Confira:

01 registro de ocorrência de queda de árvore – bairro: Itaipava
01 registro de ocorrência de queda de muro – bairro: Carangola
03 registros de ocorrências de deslizamento sem atingir imóvel – bairros: Retiro, Pedro do Rio e Samambaia
01 registro de ocorrência de deslizamento atingindo imóvel – bairro: Quissamã
02 registros de ocorrência de rolamento de bloco – bairros: Samambaia e Quitandinha
01 registro de ocorrência de avaliação de risco estrutural em caixas d’água – bairro: Carangola
01 registro de ocorrência de avaliação de risco estrutural em pontes – bairro: Coronel Veiga
01 registro de ocorrência de deslizamento atingindo a via – bairro: Nogueira
01 registro de ocorrência de risco de queda de árvore – bairro: Fazenda Inglesa
01 registro de ocorrência de avaliação de risco estrutural em muro – bairro: Retiro
01 registro de ocorrência de problema na via – bairro: Centro

O município segue no estágio operacional de ‘Atenção’. A previsão para as próximas horas é de céu nublado a encoberto com chuva de intensidade fraca a moderada ao longo do dia, com ocasionais pancadas de chuva.

Alguns pontos de alagamento foram registrados na cidade, que duraram em média 1h, de acordo com a Defesa Civil do município.

“O alagamento se dá também pelo solo. Antigamente, você tinha uma área rural, você tinha menos ruas pavimentadas, então você tinha uma absorção maior da água, da chuva no solo. Então em função do desenvolvimento da cidade, você passou a ter uma maior cobertura de concreto e aí você tem áreas de alagamento maior do que o normal. Então essa condição de alagamento é uma condição normal nas áreas da cidade e aí você tem alguns pontos, mesmo assim, a questão da dragagem que foi feita nos dias daqui da cidade, a resposta foi muito eficiente”, disse o secretário, de Proteção e Defesa Civil de Petrópolis, Tenente Coronel do Corpo de Bombeiros Gil Kempers, durante entrevista exclusiva para a Super Rádio Tupi.

Continue lendo