Conecte-se conosco

Patrulhando a Cidade

Polícia Civil prende falsa vidente e seu pai, integrantes da quadrilha que extorquiu idosa

Além dos dois, outras três pessoas envolvidas na extorsão já foram presas

Publicado

em

Vidente presa por integrar quadrilha de extorsão
(Foto: Divulgação)

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta terça-feira (16) a falsa vidente Rosa Stanesco e seu pai, Slavko Vuletit. Eles eram os únicos que estavam foragidos da operação “Sol Poente” que desarticulou a quadrilha acusada de extorquir uma idosa em cerca de R$ 725 milhões.

Segundo as investigações, Rosa Stanesco foi a primeira pessoa a abordar a vítima no golpe. Ela se apresentou como vidente e disse que a filha da idosa teria um “mal incurável”, mas que poderia ajudar. Ela iniciou o golpe orquestrado para extorquir a idosa. Já o pai de Rosa teria recebido 37 mil reais da vítima. O pagamento foi feito em uma dessas chantagens psicológicas praticadas contra a viúva.

Além dos dois, outras três pessoas envolvidas na extorsão já foram presas: uma segunda vidente e seu filho, e a filha da vítima, que arquitetou todo o plano.

A investigação concluiu que a filha da vítima tinha um relacionamento com a falsa vidente e queria tomar o dinheiro da mãe. Cerca de cinco milhões foram extorquidos até que a vítima desconfiasse da situação e parasse de fazer os depósitos. Nesse momento, a filha da idosa começou a ser agressiva e manteve a própria mãe em cárcere privado por um ano e meio.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.