Conecte-se conosco

Brasil

Polícia Federal vai investigar morte de homem asfixiado em abordagem da PRF em Sergipe

Publicado

em

Polícia Federal vai investigar morte de homem no interior do Sergipe
Agentes são acusados de submeter vítima à 'câmara de gás' improvisada

A Polícia Federal vai abrir um inquérito para apurar morte de Genivaldo de Jesus, de 38 anos que foi asfixiado durante uma abordagem truculenta, da Polícia Rodoviária Federal, na cidade de Umbaúba, no Sul do Estado do Sergipe.

O caso foi ao ar no programa Cidinha Livre com a participação da repórter Aline Aragão, da TV Record de Aracaju. Na manhã desta quinta-feira (26), manifestantes e familiares de Genivaldo fecharam parte da BR-101, que corta toda a cidade de Umbaúba, para protestar contra a ação da PRF.

Agora, a Polícia Federal vai investigar a conduta dos agentes da Polícia Rodoviária Federal que participaram da abordagem que resultou na morte de Genivaldo. Questionada, a PRF chegou a afirmar que os policiais utilizaram técnicas de menor “potencial ofensivo'”.

Porém, imagens publicadas nas redes sociais mostram o momento em que o homem é sendo colocado no interior da viatura da PRF, de onde podia ser vista fumaça saindo de dentro. As pernas dele ficaram para fora do porta-malas.


Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil em Sergipe disse que está acompanhando os desdobramentos e que “tem respeito pelas instituições, mas não compactua com qualquer tipo de violência ou de tortura”.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.