Sentinelas da Tupi

Saneamento: Projeto de lei determina prioridade de investimento para favelas

Projeto de lei determina quais ações emergenciais devem ser adotadas

Por Redação Tupi

Reprodução: Agência Brasil

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio (ALERJ) aprovou o Projeto de Lei 2387/2020, que obriga às concessionárias de abastecimento de água e tratamento de esgoto a adotarem plano emergencial de combate à pandemia de Coronavírus. O projeto, de elaboração da deputada estadual Mônica Francisco, tem a coautoria da deputada Dani Monteiro e do deputado André Ceciliano.

O texto determina quais ações emergenciais devem ser adotadas. Entre outros pontos, o projeto solicita o monitoramento da carga viral nas unidades de tratamento de água e esgoto, com a identificação das regiões com maior ocorrência do vírus, além da retomada dos investimentos no setor saneamento, com prioridade para as favelas e periferias.

“Vimos favelas e periferias sem abastecimento de água por vários dias, semanas, sem que houvesse uma solução para atender às pessoas que, além das necessidades básicas, ainda precisam da água para garantir a higiene que protege do Coronavírus e outras doenças. Por esta razão, inserimos a prioridade de investimento em saneamento para estes territórios que nunca são prioridades na aplicação das políticas públicas mais básicas”, afirmou Mônica Francisco.

Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Tupi na Rede
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »