Brasil

Senado aprova projeto que facilita divórcio para mulheres vítimas de violência doméstica

Vítima terá a opção de propor divórcio, separação, anulação de casamento ou dissolução de união estável no juizado de violência doméstica e familiar

Por Redação Tupi

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O Senado aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei que assegura prioridade nos processos judiciais de separação ou divórcio à mulher vítima de violência doméstica. A proposta volta agora para análise da Câmara dos Deputados, já que o texto foi modificado pelos senadores. Uma das determinações é de que a autoridade policial que atender a vítima deverá informar os direitos garantidos pela Lei Maria da Penha, inclusive o direito à assistência judiciária para eventual separação.

A vítima terá a opção de propor divórcio, separação, anulação de casamento ou dissolução de união estável no juizado de violência doméstica e familiar, que não terá competência em relação à partilha de bens.

 

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
16 de Fevereiro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »