Brasil

Sérgio Cabral e Eike Baptista são processados em R$327 milhões pelo o estado do Rio de Janeiro

Adriana Ancelmo, Wilson Carlos e Flávio Godinho também são acusados

Foto Reprodução

Por Redação Tupi 

Nesta quinta-feira, a Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro moveu uma ação contra o ex-governador Sérgio Cabral e o empresário Eike Batista por multas, danos coletivos morais e improbidade administrativa. A ação pede bloqueio dos bens dos acusados e a devolução do valor de R$327 milhões para os cofres do estado.

Além deles, Adriana Ancelmo, mulher de Cabral, o ex-secretário do Estado do Governo, Wilson Carlos, e o ex-diretor jurídico Flávio Godinho também foram acusados. As empresas EBX Holding Ltda e Centennial Asset Mining Fund LLC Holding, ambas de Batista, também foram acusadas. A denúncia corresponde à Operação Eficiência, que ocorreu em 2017 como uma parte da Lava-Jato, com a delação premiada dos doleiros Renato e Marcelo Chebar.

Em fevereiro deste ano, Cabral assumiu que recebia propina de Batista no exterior, e que o valor era destinado à campanha eleitoral. Cabral está preso e condenado a 197 anos de prisão.

enquete

Feriado é um dia curtir com a família?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
22 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
06:00 - Show do Antônio Carlos
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »