Rio

SuperVia perdeu mais de 100 milhões de passageiros durante pandemia

De acordo com a concessionária, perda financeira é de mais de R$ 545 milhões

Por Redação Tupi

Imagem, do trem da SuperVia
(Foto: Reprodução)

A SuperVia informou nesta terça-feira (25), que deixou de transportar 100.542.480 de passageiros, desde o dia 14/03/2020, quando foram iniciadas as medidas relacionadas à pandemia do novo coronavírus no Rio de Janeiro.

Antes da pandemia, a concessionária atendia a uma média de 600 mil passageiros diários, mas o número de embarques atualmente caiu pela metade e somam 300 mil passageiros nos dias uteis. A queda de demanda já chegou a 70% e hoje se estabilizou em 50%. A perda financeira é de mais de R$ 545 milhões.

A concessionária, assim como os outros modais de transporte público do estado, depende exclusivamente da venda das passagens para dar continuidade à prestação do serviço e não conta com qualquer subsídio do governo. A SuperVia tem custos fixos para seguir com a operação e com a manutenção dos trens, das estações e da estrutura ferroviária.

Além disso, tem atendido a todos os novos requisitos de higienização e operação, mantendo o serviço de todos os ramais e preservando os empregos de seus colaboradores.

A expectativa inicial da SuperVia era que a recuperação completa do fluxo de clientes se desse no segundo semestre de 2021. Mas, a crise econômica do país e o aprofundamento da crise no Rio de Janeiro alteraram a previsão de retomada apenas para 2023.

A empresa entende que, diante da importância do sistema ferroviário para a mobilidade urbana do Rio, é fundamental que o poder concedente amplie a negociação para permitir o ressarcimento emergencial, garantindo que o serviço seja preservado e a população seja atendida.

 



Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
15 de Junho de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »