Capital Fluminense

Viúva de músico assassinado por militares em Guadalupe passa mal em julgamento

Evaldo Rosa seguia para um chá de bebê quando teve o carro alvejado por 80 tiros

Por Tatiana Campbell

Viúva de Evaldo Rosa passa mal antes do início do julgamento
Viúva de Evaldo Rosa passa mal antes do início do julgamento – Foto: Tatiana Campbell/Super Rádio Tupi

Momentos antes do julgamento dos 12 militares do Exército denunciados pela morte do músico Evaldo Rosa e do catador Luciano Macedo começar, a esposa do artista, Luciana Nogueira começou a passar mal e precisou ser atendida pela equipe médica da Justiça Militar.

O crime aconteceu em abril de 2019 quando Evaldo Rosa passava de carro em direção a um chá de bebê na Estrada do Camboatá, em Guadalupe, na Zona Oeste do Rio. A defesa alega que o os militares do Exército confundiram o carro do músico com o de criminosos que estavam em perseguição. Um laudo mostrou que foram disparos 257 tiros na direção do carro, 80 atingiram o veículo de Evaldo. Além dele, a família também estava no carro, entre eles o filho do artista. O sogro de Evaldo Rosa foi baleado, mas se recuperou. O músico morreu na hora.

“Temos os laudos, provas periciais, um vídeo do fato, boletim de atendimento médico, prova testemunhal, moradores que testemunharam presencialmente, a vítima Sérgio [sogro de Evaldo que foi baleado na ação] e o interrogatório dos acusados que confessaram que acreditavam que eram os assaltantes”, disse a promotora Najla Nassif Palma.

Ao ver a situação, o catador de latinhas Luciano Macedo, que passava pelo local, foi ajudar a família. Neste momento, os militares do Exército atiraram contra ele. O catador chegou a ficar internado, mas morreu dias depois. A defesa dos militares sustenta que agiram em legítima defesa por conta de uma suposta tentativa de assalto. Porém, nenhuma arma nunca foi apreendida.

Veículo de Evaldo Rosa foi atingido por 80 disparos feitos por militares do Exército
Veículo de Evaldo Rosa foi atingido por 80 disparos feitos por militares do Exército – Foto: Reprodução/Redes Sociais

A viúva Luciana Nogueira chegou na Justiça Militar por volta das 7h e falou sobre as expectativas da audiência.

“Hoje é um dia muito importante, dia da expectativa que a Justiça seja feita. Eu to muito ansiosa, mas ao mesmo tempo me bate um medo de impunidade por estar sendo julgado por eles mesmo. A esperança e a fé que me fazem seguir. Aquele dia vai ficar gravado na minha memória para toda vida”.

O músico Evaldo Rosa seguia para um chá de bebê com a família quando foi morto
O músico Evaldo Rosa seguia para um chá de bebê com a família quando foi morto – Foto: Reprodução/Redes Sociais

Após ter sido reagendada três vezes, nesta quarta-feira (13) o julgamento terá início. Ao longo do processo, já foram realizadas as oitivas de testemunhas de acusação e defesa, qualificação e interrogatório dos réus, produção de provas adquiridas pelas partes e, por fim, foram apresentas alegações escritas pelo Ministério Público Militar e pela Defesa. Nesta quarta, os réus serão julgados.



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
24 de Outubro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Super Futebol Tupi
« Programa Anterior
22:00 - Giro Esportivo
20:00 - Conexão Tupi
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »