Sentinelas da Tupi

Witzel afirma não ter envolvimento com desvios de verbas da saúde do RJ

Polícia Federal investiga indícios de desvios de recursos públicos no combate à Covid-19, no RJ e em SP

Por Cyro Neves

(Foto: Cyro Neves / Super Rádio Tupi)

Todos os documentos encontrados, na manhã desta terça-feira (26), por agentes federais, durante busca e apreensão no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel, e em outros endereços, já estão na sede da PF, na Praça Mauá, no Centro do Rio.

Os Agentes levaram malotes também do escritório da primeira dama, Helena Witzel, e da casa do ex secretário de saúde, Edmar Santos. Foram doze mandados de busca e apreensão. As medidas foram tomadas pelo Superior Tribunal de Justiça.

Em nota, o governador reiterou que não há participação dele em qualquer ato de irregularidade e está a disposição da justiça.

A Operação Placebo tem por finalidade investigar os indícios de desvios de recursos públicos destinados ao Estado do Rio para o combate ao novo coronavírus.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Novembro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Cristiano Santos
« Programa Anterior
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »