Conecte-se conosco

Brasil

Assassino do ator Rafael Miguel é preso quase 3 anos depois do crime

Além do jovem, Paulo Cupertino Matias é acusado do homicídio duplamente qualificado dos pais do artista

Publicado

em

paulo cupertino
Assassino do ator Rafael Miguel é preso quase 3 anos depois do crime (Foto: Divulgação)

A Polícia de São Paulo prendeu nesta segunda-feira (16), Paulo Cupertino Matis, réu acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele em junho de 2019. O criminoso estava no número 1 da lista dos mais procurados da polícia.

Segundo a corporação, Paulo foi preso na zona sul da capital paulista e, inicialmente, encaminhado para o 98º Distrito Policial, no Jardim Miriam. Em seguida, foi levado ao Instituto Médico Legal, onde realizou o exame de corpo de delito. Depois, encaminhado ao prédio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPPP).

De acordo com uma denúncia do Ministério Público de São Paulo, o acusado matou o ator e seus pais porque não aceitava o relacionamento de sua filha, Isabela Tibcherani, que na época tinha 18 anos, com o garoto que interpretava o “Paçoca”, em Chiquititas, do SBT. O caso aconteceu em Pedreira, na zona sul da capital paulista.

Paulo foi acusado de triplo homicídio qualificado, mas nunca foi preso. Segundo as investigações, após o assassinato, ele teria ido para o Mato Grosso do Sul, e, em seguida, fugiu para o Paraguai. Até então, não havia informações sobre o seu paradeiro.

Após a prisão do pai, Isabel falou sobre o assunto: “Preciso de espaço”.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.