Brasil

Miguel Iskin é preso mais uma vez pela Polícia Federal

Miguel Iskin também foi alvo também nas Operações Ressonância e SOS, deflagradas em julho e agosto de 2018

Por Marcos Antonio de Jesus

(Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

A Polícia Federal prendeu novamente o empresário Miguel Iskin, alvo da Operação Fatura Exposta, realizada em abril de 2017. Ele foi preso em casa e, depois, encaminhado a Superintendência Regional no Rio de Janeiro, foi encaminhado ao estabelecimento prisional.  O motivo da prisão foi a queda da decisão monocrática do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes após julgamento da Segunda Turma do STF.

A Operação Fatura Exposta teve como objetivo acabar com um esquema de fraudes na compra de próteses para o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia e Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, que teve como principal investigado o ex-secretário e presidente do Into Sergio Cortes.

Miguel Iskin também foi alvo também nas Operações Ressonância e SOS, deflagradas em julho e agosto de 2018. O empresário foi condenado a 24 anos de prisão por corrupção passiva e evasão de divisas.

 

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
25 de Outubro de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Samba Social Clube
« Programa Anterior
15:00 - Super Futebol Tupi
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Bola em Jogo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »