Brasil

MPF instaura procedimento para acompanhar caso da queda de avião de Marília Mendonça

Órgão busca entender os riscos que o tráfego aéreo enfrenta após confirmação de colisão com torre de transmissão de energia

Por Redação Tupi

avião de Marília Mendonça atingiu torre de transmissão antes da queda
(Foto: Reprodução)

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um procedimento administrativo para acompanhar das circunstâncias da queda do avião que matou a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O objetivo da ação é entender os riscos que o tráfego aéreo enfrenta e a segurança dos voos. A decisão ocorre após ser divulgada a informação de que a aeronave atingiu um cabo de uma torre de distribuição de energia elétrica antes da queda. De acordo com o Ministério, o procedimento não tem caráter de investigação cível nem criminal

Dias após o acidente, a Polícia Civil encontrou um pedaço de cabo foi enrolado à hélice de um dos dois motores. Segundo o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos os destroços e os motores também serão submetidos a análises.

Na tarde do dia 5 de novembro, o avião de Marília Mendonça caiu numa área de mata perto de uma cachoeira em Minas Gerais. Na aeronave estavam a artista, um produtor, um assessor, o piloto e o copiloto. Nenhum dos passageiros sobreviveu ao acidente.

 

 

 



recomendadas
Comentários

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Novembro de 2021 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Apolinho
« Programa Anterior
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »