Brasil

Tarifas de importação de remédios para câncer e Aids são reduzidas pelo governo

Fraldas e absorventes também tiveram redução nas tarifas. A alíquota ficará entre zero e 2%

Por Redação Tupi

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Remédios comprados no exterior para tratamento de pacientes com câncer e HIV/Aids ficou mais barato desde o último dia 7 de agosto. Além desses medicamentos, fraldas descartáveis e absorventes terão tarifas de importação menores, reduzidas de zero a 2%.

Uma lista de 17 itens tiveram as alíquotas de importação rebaixadas. O governo ainda diminuiu a tributação de vários insumos industriais, além de partes, peças e equipamento para a construção e operação de centros de dados.

De acordo com o Ministério da Economia, a medida tem por objetivo diminuir o custo de produção das empresas instaladas no Brasil e também o preço para os consumidores. Por ano, eles projetam uma redução de gastos com tarifas de importação em torno de R$ 150 milhões, incluindo empresas privadas e o governo federal, que compra medicamentos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

O governo vira facilitar produtos importados no mercado brasileiro e decidiu reduzir a zero as alíquotas de importação de 281 máquinas e equipamentos pelo regime de ex-tarifário – em que é cobrado um imposto menor para o ingresso de produtos não fabricados no Brasil.

 

Comentários
enquete

Você vai assistir ao jogo entre Flamengo x Grêmio para torcer ou secar o rubro-negro?

Carregando ... Carregando ...

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
23 de Outubro de 2019 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Programa Isabele Benito
« Programa Anterior
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:10 - Show do Pedro Augusto
15:00 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »