Coronavírus

Crivella apresenta novos equipamentos para tratamento da covid-19 e defende Bolsonaro

Em coletiva, prefeito também falou sobre isolamento social e telemedicina

Por Bárbara Mello

Foto: Bárbara Mello/Super Rádio Tupi

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, apresentou no início da tarde desta quarta-feira (29), os novos equipamentos vindos da China que serão encaminhados para os hospitais municipais que atuam no combate ao novo coronavírus. A apresentação foi feita no setor de cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim.

Foram recebidos 10 tomógrafos que serão usados para ajudar no diagnóstico da Covid-19. Também chegaram ao município 110 aparelhos de Raio X digital e 20 autoclaves de 100 litros. Todos os equipamentos foram adquiridos recentemente pela Prefeitura, que ainda aguarda a chegada de cerca de 400 respiradores mecânicos, prevista para a próxima quarta-feira.

“O melhor teste para o novo coronavírus é a tomografia, sobretudo para aqueles que têm comorbidades. O equipamento permite que, em poucos minutos, tenhamos imagens dos pulmões do paciente. Isso permite que aqueles diagnosticados com Covid-19 sejam tratados imediatamente para evitar que seus casos se agravem a ponto de precisarem de UTI e respiradores”, afirmou o prefeito.

Durante a apresentação, o prefeito destacou a parceria com a empresa área Latan, responsável pelo transporte dos equipamentos. Crivella afirmou que, para evitar desvios de equipamentos, a empresa adotou uma rota segura entre Rio x Guarulhos x Amsterdã (Holanda) x Guangzhou (China).

Na próxima segunda-feira, dia 4, está prevista a saída de um voo da Prefeitura para buscar novos equipamentos. Ele chega em Amsterdã no dia 6 e no dia 7 segue para a China. Devido ao fuso horário, a chegada no Brasil está prevista para o mesmo dia. Entre os insumos que vão chegar na quinta-feira estão 300 respiradores e 2 milhões de máscaras adquiridos pelo município para suprir os hospitais cariocas, em especial os hospitais de campanha do Riocentro e o Ronaldo Gazolla, referências no tratamento da Covid-19.

O prefeito disse ainda que estão nos voos 400 monitores. Dos 70 carrinhos, que também têm respiradores, 40 já estão no Rio. Os traslados serão operados por aeronaves Boeing 777 adaptadas para o transporte de cargas tanto no compartimento de cargas quanto no porão da aeronave, de forma a maximizar a capacidade. De acordo com Crivella, esses equipamentos também vão atender aos pacientes de hospitais federais.

Antes disso, no dia 2, mais 20 respiradores mecânicos e 40 monitores serão trazidos pela Vale do Rio Doce, gratuitamente, a pedido do Chefe da Casa Civil, General Braga Neto. Ao todo, 3,5 toneladas de equipamentos serão instalados no mesmo dia nos hospitais Ronaldo Gazolla e de Campanha.

Bolsonaro

Questionado sobre a fala do presidente da República, Jair Bolsonaro, que na noite de terça-feira afirmou não poder fazer milagres diante de mais de cinco mil mortes no país devido ao coronavírus, Crivella declarou que Bolsonaro é um guerreiro e que não há pessoa com um coração mais generoso que o presidente.

“Eu sei que o presidente da república tem essas angústias todas. Eu e o Bolsonaro temos a mesma idade. Eu garanto pra vocês: talvez seja um dos brasileiros mais generosos que existe. Esse discurso que o presidente tem é de motivar a todos e plantar esperança no coração. Pode ter certeza que não temos manifestação do presidente no sentido de desprezar a vida das pessoas”.

Telemedicina

O Prefeito Marcelo Crivella destacou que muitos médicos estão afastados devido ao contato com contaminados pela covid-19. Por isso, aqueles que estão em quarentena poderão acompanhar pacientes via internet, a partir desta quarta-feira. Neste primeiro momento, cerca de 40 clínicos farão atendimento de pacientes do Souza Aguiar, por meio de tablets.

Isolamento Social

Crivella voltou a reforçar o pedido pelo afastamento social na cidade. O prefeito afirmou que o prazo da quarentena deverá ser prorrogado até que a cidade do Rio disponha de mil leitos disponíveis para tratamento da Covid-19, e voltou a comparar a situação à arca de Noé, dizendo que não é possível enfrentar o dilúvio sem estar preparado.

“Como eu vou enfrentar o dilúvio sem a arca? Nesse momento as opiniões dos médicos que ouvimos são unânimes: não podemos relaxar no afastamento social. Já perdemos 300 vidas no Rio de Janeiro. O afastamento social vai preservar a todos, principalmente idosos e pessoas com comorbidades. Por favor, fiquem em casa”, enfatizou Crivella, dizendo que a medida é por prazo indeterminado, dependendo da situação no município.

O prefeito finalizou destacando que 20 novos leitos serão abertos no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla no dia 1º de maio e que a prefeitura ainda pretende transformar leitos de cirurgia em leitos de UTI.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
29 de Maio de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Antônio Carlos
« Programa Anterior
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Isabele Benito
11:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Cidinha Livre
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »