Coronavírus

Decreto prevê o a suspensão dos serviços de hospedagem em Cabo Frio

Medida visa diminuir a proliferação do novo coronavírus

Por Luiz Walcyr

(Foto: Reprodução)

Hotéis e serviços de hospedagem da cidade de Cabo Frio, na Região do Lagos, não podem realizar novas reservas. A medida, prevista em um decreto publicado, nesta terça-feira (24), visa diminuir o contágio de novas pessoas e a proliferação do novo coronavírus.

De acordo com o texto, os empreendimentos ou estabelecimentos destinados a prestar serviços de hospedagem, edificações residenciais destinadas ao recebimento de grupos de turistas, imóveis de alugueis de temporada e similares tem um prazo de 72 horas para desocupar os quartos.

O decreto também prevê que os serviços considerados essenciais devem funcionar com 30% da capacidade do atendimento com a redução do número de pessoas em cada local.

Entre os estabelecimentos liberados para para funcionar normalmente estão as farmácias, hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas e centros de abastecimento de alimentos; lojas de venda de alimentação para animais; distribuidores de gás; lojas de venda de água mineral; padarias e postos de combustível.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
07 de Abril de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Cidinha Livre
« Programa Anterior
14:00 - Show do Pedro Augusto
15:30 - Show do Heleno Rotay
17:00 - Show do Apolinho
19:00 - Radar Tupi
20:00 - Programa Cristiano Santos
21:00 - Tupi na Rede
22:00 - Giro Esportivo
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »