Coronavírus

Subsecretaria Jurídica da Saúde do RJ considera ‘nulo’ contrato para a instalação dos hospitais de campanha para a Covid-19

Foram observadas diversas irregularidades e ilegalidades no contrato, mas obras para a construção da unidade não vão parar, de acordo com a procuradoria.

Por Redação Tupi

Foto: Divulgação Prefeitura do Rio

A Subsecretaria Jurídica da Secretaria Estadual de Saúde do Rio divulgou nesta segunda-feira (20) que considera “nulo” o contrato para a instalação de sete hospitais de campanha para atender pacientes que estejam com a Covid-19. No texto, diversas irregularidades e ilegalidades foram mencionadas, mas a construção das unidades não vai parar.

O documento foi passado à Controladoria Geral do RJ, e as informações foram encaminhadas também ao Ministério Público estadual e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Segundo o parecer, o serviço de instalação precisa seguir, já que há uma pandemia. No entanto, o documento recomenda o governo do RJ a fazer várias mudanças no contrato para a montagem dos hospitais de campanha e até fazer uma subcontratação de outra organização social ao lado da empresa já contratada, o Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (IABAS).

Ainda de acordo com a Subsecretaria Jurídica, “em razão do princípio da continuidade do serviço público, do atendimento ao interesse público e da economicidade”, a montagem dos hospitais de campanha deve continuar. O setor jurídico da Saúde estadual aponta, no entanto, “cláusulas contratuais imprecisas e ilegais, bem como no equilíbrio da equação econômico-financeira”.

Comentários
recomendadas

AO VIVO
OUÇA AO VIVO
VOLTAR AO SITE
30 de Maio de 2020 - 96.5 FM
OUÇA AQUI
Show do Mário Belisário
« Programa Anterior
17:00 - Super Futebol Tupi
08:00 - Show do Clóvis Monteiro
10:00 - Programa Francisco Barbosa
12:00 - Patrulha da Cidade
13:00 - Samba Social Clube
15:00 - Show da Galera
21:00 - Show de Bola
12:00 - Patrulha da Cidade
06:00 - Ele & Ela
Próximo Programa »
  • Transmissão em Vídeo
Acompanhe também »